“Ária” da Bachiana Brasileira n° 4, por Rosana Giosa


Compartilhe!

Villa-Lobos foi considerado o maior expoente da música no período modernista do Brasil pois suas obras reuniram as características das culturas regionais brasileiras a elementos das canções populares e indígenas.


O grande compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos (1887-1959) compôs uma série de peças que denominou “Bachianas” em homenagem a J. S. Bach. São nove composições para formações diversas que unem o material folclórico brasileiro às formas pré-clássicas do estilo do compositor alemão. Todos os movimentos das “Bachianas Brasileiras”, inclusive, receberam dois títulos: um bachiano, outro brasileiro.

A “Bachiana nº 4” foi composta para piano a partir de 1930, mas estreou somente em 1939 . Recebeu novo arranjo para orquestra em 1941, estreando em meados do ano seguinte. É uma obra formada por quatro peças:

  • Prelúdio (Introdução)
  • Coral (Canto do Sertão)
  • Ária (Cantiga)
  • Dança (Miudinho)


O arranjo de Rosana Giosa

Esta linda ária, terceira peça dessa “Bachiana”, já foi interpretada e rearranjada por muitos artistas. A ideia, então, foi criar mais um arranjo para comprovar que sempre é possível recriar, renovar e reinterpretar.

Introdução – Oito compassos preparam a entrada do tema com uma harmonia de dois acordes;

A1 – O tema se apresenta com uma esquerda com pouco movimento, apenas com acordes. A melodia segue simples por oito compassos e dobra em oitavas nos compassos seguintes;

B1 – O tema é acompanhado por uma linha melódica na mão esquerda, desenhada por Villa-Lobos, que segue diferente a partir do oitavo compasso;

A2 e B2 – A esquerda faz arpejos acentuados nos tempos de um baião e segue assim até o final;

Solo – Uma nova melodia foi criada com novos e diferentes acordes, acompanhada pelos mesmos arpejos dos trechos anteriores;

Coda – O solo anterior caminha para um imponente final criado por Villa-Lobos, com alguns arpejos acrescentados.


Para ver a partitura completa do arranjo de Rosana Giosa para “Ária” da Bachiana Brasileira n° 4, de Villa-Lobosacesse gratuitamente a edição 55 da revista digital Teclas & Afins!


Rosana Giosa

Pianista de formação popular e erudita, vive uma intensa relação com a música dividindo seu trabalho entre apresentações, composições, aulas e publicações para piano popular. Pela sua Editora Som&Arte lançou três segmentos de livros: Iniciação para piano 1, 2 e 3; Método de Arranjo para Piano Popular 1, 2 e 3; e Repertório para Piano Popular 1, 2 e 3. Com seu TriOficial e outros músicos convidados lançou o CD Casa Amarela, com composições autorais. É professora de piano há vários anos e desse trabalho resultou a gravação de nove CDs com seus alunos: quatro CDs coletivos com a participação de músicos profissionais e seis CDs-solo. 


Para acessar, faça login ou se cadastre gratuitamente!

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório