Kawai Novus NV5


Compartilhe!

Testamos o novo piano digital da Kawai, que coloca um pouco mais de tempero no segmento ao oferecer um instrumento híbrido, com todas as características de um modelo acústico vertical, mas com produção sonora de última geração


O novo modelo da Kawai, o Novus NV-5, chega ao mercado brasileiro e inaugura um novo conceito em termos de piano digital. Unindo de forma perfeita tradição e inovação, o instrumento combina a ação de um piano acústico, incluindo mecanismo de abafadores, às mais recentes tecnologias de som digital e amplificação.

Com mecanismo de um instrumento vertical topo de linha e sons produzidos pela tecnologia SK-EX Rendering, o Kawai Novus NV-5 traz tudo de que um pianista precisa em um gabinete ultrafino, com apenas 46 cm de profundidade. Sem perder a elegância dos modelos tradicionais, mas com um toque de sofisticação e modernidade, o piano se adapta bem em todos os ambientes graças ao inconfundível acabamento preto alto brilho (já denominado Black Piano), à elegância de suas linhas e à sobriedade de seu painel. Segundo informações da fabricante, o gabinete é fabricado nas mesmas instalações de produção dos instrumentos verticais da série ‘K’ da Kawai, garantindo a qualidade de construção e o acabamento espelhado.

Detalhes como a grande estante de partituras e a tampa do teclado com amortecedor denotam o cuidado com que o instrumento foi produzido a fim de oferecer o máximo de conforto ao pianista. O controle do som é realizado por meio de uma tela de 5 polegadas sensível ao toque, posicionada à esquerda do teclado, próximo às notas graves. Elegante e com alta resolução, ela permite controle de todos os parâmetros de forma fácil e intuitiva, já que possui poucas abas e páginas, alternadas por meio do toque. E para colaborar ainda mais com a aparência de um piano acústico, o display pode ser automaticamente apagado enquanto se toca.

O controle de volume, o botão de energia e as conexões ficam posicionados em um pequeno módulo posicionado embaixo do teclado, também do lado esquerdo. Obviamente o piano conta com três pedais com recurso meio pedal. A seção superior do gabinete acomoda alto-falantes protegidos por tecido ortofônico com uma composição de malha cinza-escuro com reflexos perolizados. O conjunto em si é harmonioso e elegante.


Teclado e mecanismo

O Kawai NV5 traz o mecanismo Millennium III Hybrid, o mesmo utilizado na série “K” de pianos acústicos, mas substitui os tradicionais martelos de feltro por equivalentes em ABS Carbon, material composto extremamente resistente e rígido que permite que esses componentes sejam mais fortes e leves que os convencionais de madeira. Como não há cordas para serem percutidas, os movimentos dos martelos – balanceados individualmente, com graves mais pesados e agudos mais leves – são capturados de forma precisa por sensores óticos de alta resolução montados sobre o mecanismo, e a informação registrada é utilizada para controlar a geração sonora digital do instrumento.

Além disso, apesar de abafadores físicos das cordas não serem necessários, já que o som do instrumento é produzido digitalmente, o Novus NV5 mantém o mecanismo de amortecimento por trás da ação do teclado, replicando a carga extra das partes tradicionais de madeira e feltro, à medida que as teclas e o pedal são pressionados.

Em relação ao mecanismo de um piano acústico, as únicas coisas que retiradas foram as cordas e os martelos de feltro, ambas substituídas por tecnologia. Todo o resto está lá!



Por conta desse mecanismo que incorpora toda a ação dos instrumentos acústicos, a sensação ao tocar é extremamente agradável, em nada a dever aos melhores pianos verticais existentes no mercado, fazendo que o músico se esqueça de que se trata de um modelo digital. A resposta ao movimento é rápida e precisa e o “peso” das teclas idêntico ao de um acústico. O escape é completamente natural, o que permite repetições mais rápidas das notas, e o “degrau” bem perceptível.

Diferentemente da maioria dos pianos digitais existentes no mercado, é possível “sentir” as várias interações do mecanismo em ação, e não apenas ouvir como o pedal ou o toque das teclas afeta o som gerado pelo instrumento. Esse com certeza é o grande diferencial do instrumento e que faz dele um objeto de desejo: oferecer mecânica “de verdade” e geração sonora digital.


Possibilidades sonoras

O Kawai NOVUS NV5 trabalha basicamente com dois modos de operação: Pianist Mode e Sound Mode. O Pianist Mode utiliza a tecnologia SK-EX Rendering Engine da Kawai, desenvolvida para reproduzir o som e a resposta do piano de cauda de concerto Shigeru Kawai SK-EX por meio de amostragem de última geração, em que o resultado da ação de cada tecla é capturado em diferentes posições dentro e fora do instrumento e em diversas variações dentro do espectro dinâmico. Isso permite uma ampla gama de características tonais a serem reproduzidas, e que proporcionam uma resposta mais viva e autêntica.

Além disso, a tecnologia utiliza algoritmos de ressonância desenvolvidos pela empresa que modelam fisicamente as complexas interações tonais produzidas pelas cordas, pedais e várias outras partes de um piano acústico. Indo além da tecnologia empregada, o que interessa é o resultado!

Para saber mais sobre o Kawai Novus NV-5, acesse gratuitamente a revista digital Teclas & Afins e leia o resultado do review clicando aqui!


Para saber mais sobre todos os instrumentos de teclas e ficar por dentro de todas as novidades do mundo da música, acesse a revista digital gratuita Teclas & Afins, clicando aqui!

Para acessar, faça login ou se cadastre gratuitamente!

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório