Rio das Ostras Jazz & Blues Festival agita o feriado de Corpus Christi


Maior festival gratuito do gênero no país acontece no período de 20 a 23 de junho em quatro palcos a céu aberto


O feriado de Corpus Christi é sempre muito aguardado por todos.  A flexibilidade dos dias de folga torna possível a procura por opções de lazer mais agitadas e, ainda sim, um tempo de sobra para atividades mais tranquilas. Nesse período, a cidade de Rio das Ostras (RJ) se destaca diante dos outros pontos da Região dos Lagos, principalmente por trazer oferecer a 16ª edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, maior festival gratuito do gênero no país, que acontece justamente no período de 20 a 23 de junho. São quatro dias de música boa e gastronomia de qualidade, com uma média de 100 mil pessoas por edição.

O evento, que acontece há 15 anos, “contribui para incentivar o turismo, gera empregos e incrementa a economia da cidade graças à injeção de capital durante quatro dias, com média de R$ 10 milhões por edição, comprovados por pesquisas que são realizadas há quatro anos pela FGV” explica Stenio Mattos, responsável pela organização do festival.


Programação

Chico Chagas - Rio das ostras Jazz & Blues - Teclas E Afins
Chico Chagas

O line-up conta com grandes nomes como: Dianne Reeves (USA), Bob Franceschini (USA), Lucky Peterson (USA), Chico Chagas (BR), Bixiga 70 (BR), Romero Lubambo (BR), Roy Rogers (USA), Serginho Trombone (BR), Jonathan Ferr (BR), Fernando Magalhães (Barão Vermelho) e muitos outros, que integram um elenco responsável por 34 shows.

Serão quatro palcos principais a céu aberto espalhados pelas belas praias da cidade: São Pedro, Iriry, Tartaruga e Costazul, com atrações a partir de 11h15. As praias próximas aos palcos estão sempre muito movimentadas, com bares, restaurantes, quiosques e muitas opções de hotéis e pousadas. Para quem procura sossego, vale a pena se deslocar para a Praia da Joana, Praia do Cemitério e Praia Virgem, esta, muito silenciosa e com quase nenhuma interferência do público. 

Na praia de Costazul, além do palco principal, o festival oferece a Casa do Jazz, que será batizada de “Espaço Arthur Maia”. O palco, conhecido por ceder espaço a novos artistas em destaque na cena, homenageará o versátil baixista brasileiro, falecido no ano passado e grande colaborador do evento. O espaço oferece uma experiência mais eclética e com isolamento acústico diferente dos grandes palcos espalhados pela cidade, onde diversas vertentes do Jazz e do Blues se juntam às bandas iniciantes e ao experiente guitarrista Fernando Magalhães para apresentações no melhor estilo “garagem”.



História

Desde a sua criação em 2003, o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival realizou mais de 550 shows, 100 palestras e workshops para cerca de 1 milhão de espectadores, estimulando o interesse pela música de alta qualidade e criando oportunidades para o público conferir de perto alguns dos maiores nomes do Jazz, Blues e da música instrumental internacional e nacional. Durante todo esse período, o festival manteve-se fiel à sua proposta inicial, que é focada em formar público, alavancar o turismo, gerar renda, atrair negócios, ofertar cultura, democratizar o acesso ao bem cultural, por meio de sua total gratuidade e fomentar a economia através de sua continuidade.

Movido por um sonho, o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival é hoje o espaço musical mais democrático do país sendo considerado o maior e mais importante festival do segmento na América Latina e o décimo maior do mundo no segmento jazz e blues pelas revistas especializadas além de ser destaque na mídia internacional, inclusive citado pela revista americana DOWNBEAT (a mais importante revista de jazz do mundo, considerada a “Bíblia do Jazz”) como um dos melhores festivais do mundo, se destacando pela qualidade musical, gratuidade, organização e capacidade em atrair um grande público.


PALCOS

CONCHA ACÚSTICA DA PRAÇA DE SÃO PEDRO [11h] – Palco criado para a apresentação de novos talentos do jazz e do blues. Fica no centro de Rio das Ostras, ao ar livre e em frente ao mar.

LAGOA DE IRIRY [14h] – No palco da Lagoa de Iriry, o público estará lado a lado com o artista em um anfiteatro circundado por vegetação típica de restinga. A Lagoa de Iriry fica no Jardim Bela Vista, em Costazul.

PRAIA DA TARTARUGA [17h] – Localizada em uma pequena enseada, situada entre as praias do Abricó e Praia do Bosque, a Praia da Tartaruga abriga o palco mais charmoso do festival. Na Tartaruga, o público assiste aos shows sob o pôr-do-sol. O palco é montado sobre uma pedra que, literalmente, invade o mar.

COSTAZUL [20h] – Palco principal do festival, abriga uma praça de alimentação com restaurantes e bares, quiosques de produtos artesanais da cidade, venda de CDs, revistas e camisetas e telão que transmite os shows ao vivo, uma área especial de acessibilidade e área para motorhomes. Ainda em Costazul, há a Casa do Jazz e do Blues, que receberá shows de bandas locais.

Para ver a programação completa, acesse www.riodasostrasjazzeblues.com


Teclas & Afins 62 - Bax & Chung

Para saber mais sobre todos os instrumentos de teclas e ficar por dentro de todas as novidades do mundo da música, acesse a revista digital gratuita Teclas & Afins, clicando aqui!

Para acessar, faça login ou se cadastre gratuitamente!

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório