Piotr Beczala e Camillo Radicke na Sala São Paulo


Compartilhe!

O tenor polonês e o pianista alemão apresentam obras de Verdi, Puccini, Rachmaninov e Gounod, entre outros

Piotr Beczala

O tenor polonês Piotr Beczala possui muito mais do que uma bela voz: é reconhecido pela crítica por suas performances emocionantes e seu comprometimento com os papéis que interpreta. Um dos principais cantores da atualidade, Beczala integra as temporadas dos mais importantes teatros de ópera do mundo, além de ser solista convidado de proeminentes orquestras e festivais.

O pianista alemão Camilo Radicke venceu os concursos internacionais de piano F. Chopin de Maiorca (1990), Maria Callas de Atenas (1992) e G. B. Viotti de Vercelli (1992). Foi solista de grandes orquestras, como a Orquestra Filarmônica e Staatskapelle de Dresden, Filarmônica de Stuttgart, Orquestra de Câmara de Munique e Sinfônica da RAI de Turim, trabalhando com regentes como Marek Janowski, Michel Plasson, Yuri Temirkanov, Támás Vásáry e Peter Schreier. Tem realizado concertos como solista e camerista na Europa, Ásia e Américas, além de pianista colaborador de célebres cantores, entre eles, Piotr Beczala.

Programa

Giuseppe Verdi (1813-1901)
Rigoletto
Ária do Duque de Mântua: “Questa o quella
Un Ballo in Maschera
Ária de Riccardo: “Di’ tu se fedele il fluto m’aspetta

Ruggero Leoncavallo (1857-1919)
Mattinata 

Giuseppe Verdi (1813-1901)
Il Trovatore
Ária de Manrico: “Deserto sulla terra
Ária de Manrico: “Ah, sì ben mio”

Francesco Paolo Tosti (1846-1916)
L’ultima canzone
Chi sei tu che mi parli 
Ideale

Stanisław Moniuszko (1819-1872)
Straszny Dwór
Ária de Stefan: “Aria z kurantem“

Stefano Donaudy (1879-1925)
Vaghissima sembianza
Freschi luoghi, prati aulenti
O del mio amato ben

Sergei Rachmaninov (1873-1943)
Son, op. 38, n. 5
Siren’, op. 21, n. 5 
Ne poy, krasavitsa, pri mne, op. 4, n. 4 
Vesenniye vody, op. 14, n. 11

Piotr Ilitch Tchaikovsky (1840-1893)
Eugene Oneguin
Ária de Lenski: “Kuda, kuda, kuda vi udalilis

Charles Gounod (1818-1893) 
Roméo et Juliette
Cavatina de Roméo : “L’amour! L’amour!… Ah! Lève-toi soleil” 

Giacomo Puccini (1858-1924)
Tosca
Ária de Cavaradossi: “E lucevan le stelle
Ária de Cavaradossi: “Recondita Armonia”

SERVIÇO

03 de maio, terça-feira, às 21h00
Endereço: Sala São Paulo | Praça Júlio Prestes, 16
Taxa de ocupação limite: 638 lugares
Recomendação etária: 7 anos
Ingressos: clique aqui
Estacionamento: R﹩ 28,00 (noturno e sábado à tarde) e R﹩ 16,00 (sábado e domingo de manhã) | 600 vagas; 20 para portadores de necessidades especiais; 33 para idosos.

A Osesp e a Sala São Paulo são equipamentos do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, gerenciadas pela Fundação Osesp, Organização Social da Cultura.

Para acessar, faça login ou se cadastre gratuitamente!

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório