“O Cantador” por Rosana Giosa


Compartilhe!

Uma das mais emblemáticas composições da era dos festivais, esta canção foi defendida com vigor por Elis Regina

“O Cantador” é uma linda canção de Dori Caymmi, com letra de Nelson Motta, apresentada por Elis Regina no 3º Festival de Música Popular Brasileira, realizado em 1967, conhecido como “O Festival da Virada”. Com essa música, a cantora conquistou o prêmio de Melhor Intérprete. A canção foi gravada pelo autor em seu álbum de estreia, Dori Caymmi, de 1972, e recebeu regravações de artistas como Sarah Vaughan, Natalie Cole, Flora Purim, Nana Caymmi, Toots Thielemans e Joyce, entre muitos outros.

O arranjo

Esta canção tem uma forma simples: Introdução, A1, B e A2 com uma modulação.

Introdução – arpejos leves e vazios preparam o tema por oito compassos;
A1 – o tema se apresenta com os mesmos arpejos, alternados com alguns acordes pontuados que dão um balanço diferente à música;
B – a esquerda se movimenta mais neste trecho mais denso, enquanto a direita preenche a melodia com terças e acordes;
A2 – os arpejos começam sempre em um Dó grave, técnica que chamamos de baixo pedal, e esses baixos vão subindo até o compasso 46. Uma modulação meio tom acima acontece no compasso 53, dando uma sensação de suspensão ao tema, que volta em seguida para a tonalidade inicial.

Para ver a partitura do arranjo de Rosana Giosa para “O Cantador”, acesse a edição 91 da revista digital gratuita Teclas & Afins, clicando aqui!

Para saber mais sobre todos os instrumentos de teclas e ficar por dentro de todas as novidades do mundo da música, acesse a revista digital gratuita Teclas & Afins, clicando aqui!

Para acessar, faça login ou se cadastre gratuitamente!

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório