Korg Minilogue – sintetizador analógico polifônico


Compartilhe!

Korg MinilogueApós a experiência com o relançamento do ARP ODYSSEY, era esperado um novo analógico da Korg, afinal já fazia mais de 30 anos que a empresa não lançava um analógico polifônico. Então, podemos classificar o Minilogue como um acerto: no mínimo, a marca refaz história com ele

O Minilogue entusiasma! E desde um iniciante ao mais experiente usuário de synths. Sintetizador subtrativo analógico com quatro vozes, o equipamento tem visual caprichado com um painel em alumínio escovado que proporciona beleza e robustez ao conjunto. O chassi é de plástico resistente e leve, e a traseira em madeira Pyinkado (árvore sul-asiática conhecida pela durabilidade e beleza), o que imprime um toque fino ao acabamento. O teclado traz 37 teclas “slim” (pequenas, mas não “mini”) sensíveis ao toque, e 14 chaves estilo interruptor e 29 knobs emborrachados dão acesso a todos parâmetros de controle. No lugar das tradicionais rodas de Pitch Bend e Modulation, há uma  alavanca que pode ser endereçada a um entre 29 parâmetros. Lógico que, automaticamente, se pensa em usá-la como Bend, mas é bom ter a possibilidade de atribuir a ela outra função.

No canto direito do painel, há um pequeno display OLED, onde se visualiza informações de patchs, valores de alteração dos knobs em tempo real, configurações, sequencer, edição etc. O mais interessante é a visualização de osciloscópio que ele oferece, em tempo real, permitindo que o músico possa, literalmente, “ver” o seu som. Além de instrutivo, é algo prático, um bom auxílio na hora de criar ou editar sons. É bem interessante ver a onda se alterando a cada parâmetro alcançado. Bela sacada!

No painel traseiro, há uma saída (OUTPUT), uma entrada de áudio (AUDIO IN) e saída para fones, as três no padrão P10 e mono (a saída de fones emula estéreo). Em seguida, há as conexões SYNC in e out, que permitem sincronizar o Minilogue com vários produtos Korg ou outros equipamentos que possam ler ou enviar sinais de pulso em 5v. Também no painel traseiro, estão posicionadas as tradicionais MIDI IN e OUT, além da USB (MIDI to Host).

 

Korg MinilogueCriação de sons

De forma resumida e simplificada, o Minilogue é um polysynth que oferece dois VCOs mais gerador de ruído. Cada VCO tem três opções de ondas (serra, triangular e quadrada), e ambos possuem um knob SHAPE, que permite gerar mais harmônicos, criando novas variações dentro dessas ondas. Cada VCO tem ajustes de oitava 16 ‘, 8’, 4 ‘ e 2’. O VCO2 permite modular o pitch em SYNC, RING, com CROSS MOD DEPTH e PITCH EG INT. A seção MIXER permite somar os volumes  dos VCOs e do ruído (NOISE). Na seção FILTER, estão os ajustes de CUTOFF, RESONANCE, EG INT, chaves FILTER TYPE, KEY TRACK e VELOCITY. Há também dois EG ADSRs, AMP e FILTER, modulados por um LFO. Para finalizar, uma seção de efeito DELAY. Para quem não tem tanta familiaridade com a programação, a Korg disponibiliza em seu site algumas bibliotecas de timbres que podem ser baixadas gratuitamente.

 

Quer saber tudo sobre o Korg Minilogue?

Acesse gratuitamente a edição 35 da revista digital Teclas & Afins e leia a matéria completa!

 

 

Para acessar, faça login ou se cadastre gratuitamente!

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório