Produção musical de baixo custo


Compartilhe!

Não é mais necessário dispor de recursos financeiros astronômicos para realizar uma produção musical de qualidade, bastando tirar proveito dos avanços tecnológicos e do conhecimento dos recursos disponíveis nos equipamentos atuais

Muitas vezes, queremos produzir um trabalho e nos deparamos com algumas dificuldades. Uma delas é o custo, pois entendemos que um bom trabalho necessita de muito dinheiro investido. Isso é verdade: as grandes produções envolvem muito custo, mas, atualmente, com o avanço da tecnologia, você pode desenvolver ótimas produções sem tanto investimento.

Hoje existem equipamentos que nos permitem gravar em casa e enviar uma parte pronta para um colega – e ele enviar a parte dele – sem aquela necessidade de gastar horas em um estúdio para gravar guitarra, teclado e baixo, por exemplo. Então, qual a finalidade de um produtor musical? Como ele pode fazer essa gestão?

Antes de pensar na função do produtor, é preciso entender os pilares da produção musical e como podem ser analisados para que se obtenha os melhores resultados possíveis. Vamos considerar aqui quatro pilares da produção musical como principais, para ter como base de entendimento.

Mercado musical

É necessário entender que ter o conhecimento sobre a existência e o funcionamento de áreas de atuação no meio da música é a etapa principal de seu planejamento de carreira para seguir o que decidimos. O processo de produção e de lançamento de uma banda mudou muito com o passar dos anos. O que antes ocorria exclusivamente por meio de gravadoras e investidores agora passa a ser responsabilidade da banda e do produtor musical do trabalho. Com o domínio da internet, grande parte das plataformas de divulgação artística se tornou digital, por isso surge a obrigação de todo produtor conhecer o mercado digital para acompanhar a evolução que já aconteceu e tudo que poderá vir a seguir. Dessa forma, esse conhecimento passa a ser fundamental para guiar e projetar um artista ou banda que se queira produzir, pois quanto maior o seu conhecimento, mais caminhos você irá saber como trilhar e menos erros terá.

Conhecimento técnico

Kit home studio Focusrite Scarlett 2i2
Kit home studio Focusrite Scarlett 2i2

Atualmente, quase não existe distinção entre o produtor musical e o engenheiro de áudio. A importância de dominar o conhecimento e as práticas de gravação (edição, mixagem e masterização de áudio) se tornam cada vez mais presentes no trabalho de produção. Desse modo, precisamos ter o melhor conhecimento possível dessas etapas para que possamos organizar nosso plano de produção.

Gestão de pessoas

Pode parecer algo muito banal ou sem importância, mas esse ponto é fundamental no trabalho do produtor, pois, quando trabalhamos com artistas ou bandas, devemos ter em mente que não estamos apenas vendendo um produto: estamos vendendo um sonho. Aquele artista sonhou com esse dia e se sacrificou de várias formas para poder chegar a esse momento. Para isso, não só o conhecimento técnico do trabalho deve ser aprimorado, mas também o relacionamento com todo tipo de pessoa. Se esforce em conversar com os músicos, entendê-los, trocar ideias e ser sempre participativo, deixando-os bastante à vontade e confiantes, afinal de contas eles vão entregar em suas mãos o sonho deles.

Rede de contatos

É muito difícil alcançar grandes objetivos sem ter parceiros e uma equipe trabalhando com você. Então, é fundamental que você esteja em ambientes onde “a música acontece”, conheça pessoas que trabalhem na mesma área que você, tenha bons relacionamentos com músicos e com marcas relacionadas à música. É sempre fundamental para todo músico e profissional da música o crescimento em conjunto de profissionais e do cenário musical como um todo. Sendo assim, o networking é uma parte superimportante. Para criar essa rede de contatos, é necessário ter pro-atividade, entrar em contato com pessoas, empresas, lugares, marcar reuniões, conhecer trabalhos e também mostrar o seu. Também é importante se mostrar interessado no trabalho dos outros.

Iniciando o projeto de produção

Com o passar do tempo e o avanço tecnológico no mercado musical, os modelos que conhecemos de estúdio foram mudando. Hoje em dia não há mais necessidade de equipamentos enormes e caros, sendo que, atualmente, a maioria dos equipamentos são menores e mais baratos. Essa queda no custo de montagem de um estúdio barateou também a média de valor na produção, abrindo o mercado para novos produtores. Tendo compreensão desses pontos, podemos pensar no que teremos como ponto base para iniciar uma produção, lembrando que estamos falando de equipamentos básicos que podem dar ótimos resultados sem grande custo, mas você pode ampliar bastante seus recursos e equipamentos para poder realizar sua produção. (Continua…)

Para ler a matéria completa de James Freitas e saber quais os equipamentos necessários para montar um home studio, acesse gratuitamente a edição 93 da revista digital Teclas & Afins clicando aqui.

James Freitas

Tecladista, pianista, arranjador e produtor musical. Parceiro da EM&T On Line, especialista em programações de sintetizadores, workstations e samplers em geral. Já participou de álbuns de várias bandas de Heavy Metal como The Warlord, Finitude, Tchandala, Scarlet Peace, Devon (com produção do Thiago Bianchi), também é músico de baile gravando e excursionando com artistas como Luciene Melo, Raio da Silibrina, Kannibal, Os Imortais, Guns Cover, Maria Fumaça. Atualmente é tecladista da banda Seth. Produz alguns trabalhos solos com voz e também faixas instrumentais.

Para saber mais sobre todos os instrumentos de teclas e ficar por dentro de todas as novidades do mundo da música, acesse a revista digital gratuita Teclas & Afins, clicando aqui!

Para acessar, faça login ou se cadastre gratuitamente!

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório